quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Cada Dia... cada passo...


Hoje sei do poder de uma rocha
A realidade me fez sentir a totalidade da água
Velocidade do vento eu conheci
Redemoinhos assisti e quase me perdi
nas voltas que ele me deu
Calor exacerbado dos 19° do Equador
Levei alguns tombos
Percebi a dor
Prossegui com alguns sonhos
Outros deixei na gaveta
e alguns sem querer desapareceram
ou modificaram
Mas tudo cada passo
cada vestígio das minhas pegadas
Nesse solo calcário
Vieram a me fortalecer
Sorrir brincar
E agradecer a cada rocha
cada lágrima... cada brisa forte que enfrentei
Posso até não ter o ideal
Mas não fiquei estática
Serei, será, seremos
... uma menina na hora de brincar
... uma mulher na hora de ser
Mas o que eu mais gosto em mim
e de aprender ...





Um comentário:

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ®/Heleno Vieira de Oliveira disse...

Espero que voce esteja bem e a tua volta para o Litoral esteja saindo muito bem, me escreva assim que der, tudo de bom nesta nova etapa, beijos !!!